preloader

Monetização de sites: confira 5 dicas infalíveis

Monetização de sites: confira 5 dicas infalíveis

Monetização de Sites
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter

Se você tem um blog, site ou portal, já deve ter se perguntado como funciona a monetização de sites.

Esse processo nada mais é do que lucrar de diversas formas com o conteúdo que você produz online.

Mas para ter um bom faturamento com esse modelo de renda passiva, preparamos algumas dicas para você. Confira!

1 – Aumente o tráfego orgânico do site

O tráfego orgânico de um site é um dos pilares da monetização, pois se o seu site não possuir um grande tráfego de usuários, você não terá um público para captação.

Podemos pensar num exemplo prático bem familiar na atualidade: os influencers digitais! 

Essas pessoas conquistaram um grande público que está diariamente vendo, recebendo e interagindo com o seu conteúdo.

Assim, diversas marcas apostam em anunciar por meio de influenciadores digitais para atingir um público específico e massivo.

O mesmo ocorre com os sites, quanto maior for o seu tráfego, maior a sua chance de possuir um alto faturamento com espaços publicitários, por exemplo.

Quer saber como fazer isso? Confira 5 dicas para aumentar seu tráfego e monetizar mais.

2 – Produza conteúdo original e de qualidade

Aliado ao aumento de tráfego orgânico, está o conteúdo! Não existe monetização sem conteúdo de qualidade.

Além disso, para criar espaços publicitários com plataformas de anúncios do Google, por exemplo, possuir conteúdo original e de qualidade é um pré-requisito.

Mas para além de ser um pré-requisito em determinadas formas de monetização, produzir conteúdo de qualidade sempre foi uma das chaves do sucesso no mundo digital.

3 – Venda espaços publicitários no seu site de forma direta

Com conteúdo de qualidade e um grande tráfego orgânico, existem algumas possibilidades que você pode utilizar para monetizar com seu portal!

Uma delas é a venda direta de espaços publicitários nas suas páginas, que é o processo de entrar diretamente em contato com os anunciantes e oferecer os espaços publicitários do seu site para que eles publiquem anúncios de seus produtos e serviços.

No entanto, esse processo exige tempo, pois você precisará buscar os anunciantes e realizar toda a negociação.

4 – Google Adsense: a rede de anúncios do Google

Outra opção é utilizar o programa de anúncios do próprio Google, que é a Ad Network Google Adsense.

O Adsense posiciona anúncios de diversas marcas no seu site e realiza todo o processo de negociação de biddings, buscando sempre o anúncio mais lucrativo para o publisher.

Para isso, seu site precisa estar em conformidade com as Políticas do Programa Google Adsense.

De modo geral, para utilizar esse programa o seu site deve:

  • Possuir conteúdo original;
  • Atrair interesse do público sem utilizar ferramentas que falsifiquem as métricas do Google;
  • Poder ser encontrado pelo robô do Google (saiba mais sobre isso aqui);
  • Não solicitar cliques nos anúncios de forma fraudulenta para monetizar mais, é preciso ser orgânico!

Embora o Adsense seja uma forma de monetizar por meio de anúncios, seus formatos são limitados, principalmente quando falamos em vídeos, e ele não possui uma segmentação bem específica.

A segmentação por geolocalização, por exemplo, permite ao anunciante segmentar campanhas por locais específicos, como a nível de município, por exemplo. No entanto, esse programa não possui essa especificidade.

5 – Mídia programática: o modelo mais avançado em venda de espaços publicitários

Por fim, apresentamos a mídia programática como uma opção de monetização de sites.

Esse modelo de venda de espaços publicitários é atualmente a forma mais rentável para o publisher que deseja esse tipo de renda passiva.

Embora muitas pessoas achem a mídia programática parecida com o Google Adsense, ela é, na verdade, muito mais dinâmica e automatizada.

O processo de venda dos espaços publicitários no site do publisher é realizado de forma mais assertiva e com maiores possibilidades, pois a mídia programática utiliza a base do Google Adsense e também outras Ad Networks.

Dessa forma, consegue encontrar o anúncio mais rentável para o publisher, principalmente em termos de segmentação.

A segmentação desse formato se baseia em dados de diversas fontes, além de oferecer uma maior diversidade de formatos de anúncios em relação ao Google Adsense.

Além disso, também possibilita a segmentação geolocalizada, onde um anunciante pode anunciar para um público-alvo de uma determinada cidade.

E o melhor: o publisher não precisa se preocupar com o gerenciamento dos seus espaços publicitários pois esse processo é realizado integralmente pelas trading desks.

As trading desks são operadoras de mídia programática que gerenciam todo o processo de venda de espaços publicitários garantindo uma maior rentabilidade.

Aumente seu faturamento em Mídia Programática com a Premium Ads!

Agora que você já conhece diversas formas de monetização de site, deve ter percebido que a mais rentável para o publisher é a mídia programática.

Então conheça as soluções da Premium Ads para aumentar seu faturamento com mídia programática!

Nossa monetização com tecnologia header bidding inclui display (banners), vídeo out-stream, vídeo in-stream, apps nativos, formatos especiais de publicidade, criação e monetização de páginas AMP, consultoria e muito mais.Entre em contato com o nosso time comercial para uma análise de seu portal e descubra o seu potencial de faturamento

Assine nossa newsletter e fique por dentro das novidades da Premium e do mercado de mídia programática!

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin