fbpx
preloader

CTR: o que é e como aumentar a sua taxa de cliques

ctr
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter

Diga qual o seu CTR e direi quem tu és. Brincadeiras à parte, uma das métricas mais importantes no marketing digital é o CTR (Click Through Rate, que em português significa “taxa de cliques”).

Se você começou um blog, um site ou uma loja virtual e quer fazê-lo crescer vai precisar conhecer um pouco sobre o que é o CTR e como aumentar a taxa de cliques dos seus anúncios.

O CTR é a métrica que vai te mostrar como está o retorno de tempo e dinheiro investindo tanto em SEO quanto em anúncios patrocinados no Google Ads. Por isso, quanto mais você conseguir aumentar o seu CTR, maior será o desempenho das suas campanhas.

Continue lendo este post para descobrir mais!

O que é CTR

CTR
Woman using computer mouse with laptop.

Como dito no spoiler acima, o CTR (Click Through Rate) é a Taxa que mede a quantidade de cliques no seu anúncio. Em outras palavras, o CTR é a porcentagem que mostra a quantidade de cliques dos usuários nos seus anúncios que aparecem nos resultados de busca.

Segundo o Google, essa taxa é medida de acordo com a frequência com que as pessoas clicam no seu anúncio.

Por isso, quanto maior o seu CTR, significa que seus anúncios estão atraindo mais cliques por serem mais relevantes para quem está buscando. Além disso, o Custo Por Clique (CPC) de suas campanhas também será menor.

Mas qual seria o CTR ideal? A resposta é: depende do seu nicho de mercado. Alguns especialistas dizem que 3% é uma boa média para a taxa de cliques. No entanto é bom ter outros parâmetros de comparação como o CTR dos concorrentes, por exemplo.

Por que é importante acompanhar o CTR das suas campanhas:

CTR
Side view of pensive man looking at financial chart in computer monitor

  • Influencia o Índice de Qualidade (IQ) do Google Ads, cálculo que determina o rankeamento do anúncio
  • Interfere no Custo Por Clique – quanto maior o CTR menor será o CPC
  • Serve como termômetro para saber se as palavras-chave escolhidas são relevantes para sua estratégia de SEO
  • Indica a eficiência e a relevância do anúncio e da Landing Page

Segundo dados da WordStream, é possível elevar a taxa de conversão em até 50% se a taxa de cliques também for dobrada.

E é por essa razão também que profissionais de marketing utilizam essa métrica como termômetro do desempenho dos seus anúncios. Assim, dependendo do CTR, é possível realizar alterações nas palavras-chave para otimizar os resultados.

Como calcular o CTR

CTR

Parece difícil, mas não é. Para calcular o CTR basta dividir o número de cliques pela porcentagem de impressões (visualizações):

(Número de cliques / Impressões) X 100

Assim, se o seu anúncio obteve 10 cliques e 200 impressões, seu CTR será de 5%. Ou seja, a cada 100 visualizações, 5 delas se converteram em cliques para o seu site, Landing Page, formulário ou outra meta de conversão que você tenha estabelecido para sua campanha.

Por isso, quanto maior o CTR, significa que seu anúncio precisou ser menos exibido para ser clicado e então ele poderá ser interpretado pelo Google como mais relevante e útil para seu público.

Cinco formas de aumentar o seu CTR

CTR

Com toda a certeza, CTR baixo tem cheiro de anúncio ineficiente. E existem diversos motivos que podem estar atrapalhando a performance do seu anúncio.

Alguns deles são: os títulos são desinteressantes, os públicos foram segmentados de forma errada ou as palavras-chave escolhidas não correspondem ao produto que o usuário buscou.

Portanto, se você quer aumentar o seu CTR é importante investigar e analisar cada detalhe do seu anúncio: do texto do copy à página de destino.

1.    Alinhe o objetivo às necessidades do seu público

Sem estratégia é impossível alcançar o público certo, no momento certo e com a palavra-chave certa. Se o seu CTR está baixo, uma dica do próprio Google é analisar seu anúncio fazendo as seguintes perguntas:

  • Por que meu usuário não está clicando no meu resultado?
  • Como posso melhorar o meu SEO Title de acordo com a expectativa do usuário? (título mostrado nos resultados de busca)
  • O que posso melhorar no meu Meta Description? (descrição da página que aparece nas buscas)

Uma dica para saber como seu público está procurando por determinado produto ou serviço é usar uma ferramenta como o Google Trends ou o próprio planejador de palavras-chave do Google. Estas ferramentas dão ótimos insights de assuntos e palavras que estão em alta.

2.    Crie gatilhos e call-to-action que chamam a atenção

Existem diversos gatilhos que podem ser usados para aumentar o CTR. Alguns exemplos mais usados são:

  • Promoções e descontos (ex: “Site com 50% de desconto na promoção mais esperada do ano!”)
  • Gatilhos de escassez de tempo e urgência (ex: “Faltam 24 horas para seu cupom de 20% OFF expirar”, ou “Fale inglês em cinco semanas”)
  • Listas e números com soluções (ex: “6 dicas para emagrecer sem parar de comer”)
  • Call-to-actions que geram impacto (ex: “Inscreva-se grátis”, “Garanta seu desconto”)

Lembre-se que o título e o CTA são os textos mais importantes e devem chamar a atenção com números, palavras-chaves e outros argumentos e gatilhos que gerem curiosidade no usuário.

Mas vale ressaltar que é importante garantir que haja coerência entre a ação pedida no CTA e a página para onde os usuários serão redirecionados.

Por exemplo: se você inseriu um botão “Inscreva-se grátis”, a página para onde o usuário será redirecionado deve permitir que ele conclua essa ação (de preferência de forma simples e rápida).

Ou, se você prometeu um cupom de 20% de desconto na compra de um produto, é bom garantir que o cupom esteja válido na hora em que o usuário for aplicá-lo no carrinho de compras e assim por diante.

3.    Deixe sua URL mais amigável

A extensão da URL (meudominio.com.br/extensao) está entre os 200 fatores de ranqueamento mais importantes do Google, SEO e URL.

Por isso, é importante torná-la mais curta e fácil para o usuário e de preferência usar também uma palavra-chave adequada. Isso torna a URL mais atraente, além de conferir mais credibilidade fazendo com que o usuário interprete o seu link como seguro.

Exemplo de URL com extensão não-otimizada: http://cdx8.meudominio.com.br/san02jfsfksnda/923li=44aksdkns#laodfeminina

Exemplo de URL com extensão otimizada: http://meudominio.com.br/sandalias-femininas

4.    Crie campanhas usando palavras-chave específicas

Ao invés de criar anúncios genéricos por categoria, experimente segmentar usando palavras-chave mais específicas. Por exemplo, ao invés de “Sapatos femininos”, pode ser mais interessante usar “Sandálias femininas – coleção para verão”.

O próprio Google orienta a criar uma lista de palavras com base nos principais termos ou frases que os clientes usam para descrever os produtos ou serviços. Outra boa prática recomendada pelo Google é expandir essa lista incluindo uma marca e os nomes dos produtos que se relacionam diretamente ao tema do seu anúncio.

Mas vale tomar cuidado para não deixar o anúncio tão específico, pois isso pode limitar demais a quantidade e o alcance do seu público-alvo.

5.    Use extensões de anúncios relacionadas ao anúncio

As extensões de anúncio são recursos que exibem informações comerciais adicionais ao anúncio, como um endereço, número de telefone, classificação da loja ou mais links de páginas da Web.

Usar extensões de anúncio também é uma forma de reforçar a chamada principal e potencializar a sua taxa de CTR.

Ao passo que a função da extensão é justamente a de prolongar ainda mais a percepção de valor do usuário que encontrou o seu anúncio com informações úteis. Para criar uma extensão de anúncio você precisa ser direto e pensar em qual informação vai capturar a atenção do usuário. Veja alguns exemplos de extensões de anúncio:

1. Depoimentos/ provas sociais

2. Funcionalidades de destaque do produto

3. Telefone de contato (chamada)

4. Modelos variados (snippets estruturados)

5. Endereço e localização física

Aumente seu CTR e turbine suas campanhas no Google

CTR

Se você quer otimizar os resultados de suas campanhas de anúncio no Google, a primeira coisa a fazer é analisar a sua taxa de cliques (CTR). Ela é uma métrica muito importante que ajuda a monitorar se a sua estratégia de palavras-chave e segmentação de público estão ajudando a atingir os objetivos da campanha. Para calcular seu CTR basta dividir o número de cliques pelo número de visualizações (impressões).

Existem diversas formas de tentar aumentar o seu CTR, como por exemplo, otimizar títulos, mudar palavras-chave ou usar as extensões de anúncio. Além disso vale a pena consultar um especialista para potencializar ainda mais seus resultados.

Premium Programmatic

Conheça a Premium Programmatic

A Premium Programmatic é especialista em gestão de mídia programática, atende mais de 180 portais de notícias do Brasil com 1,2 bilhões de impressões monetizadas mensalmente, integrando o seu portal com as principais demandas e redes de anunciantes nacionais e internacionais, incluindo a demanda premium de anunciantes disponível no Google Ad Exchange, a maior bolsa de negociação de mídia programática do mundo. A empresa é certificada pela Google e pela Xandr.

Nossa monetização com tecnologia header bidding inclui display (banners), vídeo out-stream, vídeo in-stream, apps nativos, formatos especiais de publicidade, criação e monetização de páginas AMP, consultoria e muito mais. Saiba mais navegando pelo nosso site e entre em contato com nosso time comercial para uma análise de seu portal e potencial de faturamento, sem compromisso.

Assine nossa newsletter e fique por dentro das novidades da Premium e do mercado de mídia programática!

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin