preloader

51 dicas para não ter sua conta banida do Google AdSense

Fake-Clicks-on-Facebook-Ads
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter

O Google AdSense é uma das maneiras mais fáceis de ganhar dinheiro online, mas para desfrutar das possibilidades que o programa tem a oferecer é preciso entendê-lo ou você corre o risco de ter sua conta banida.

Inscrever-se no AdSense é rápido e fácil: o Google gera um ou mais conjuntos de tags HTML e Javascript para você colar no seu site, para em instantes começar a exibir seus anúncios, que são escolhidos pelo sistema de acordo com o conteúdo do seu site. Uma vez dentro do programa, você começa a lucrar, mas é preciso ter cuidado para não perder essa fonte de renda.

Quem não conhece profundamente a ferramenta e não cumpre com todas as (muitas) regras detalhadas pelo Google, corre o risco de ter a conta banida de vez. Neste artigo reunimos 51 dicas para não ter sua conta banida no Google Adsense –  e mais 51 links de pesquisa que podem ser muito úteis nesta situação. Fique de olho nesses alertas, sugestões e links com orientações preciosas para te ajudar a não perder seu parceiro de monetização e usar o Google AdSense da maneira correta.

Como parceiros certificados Google, nossa missão é tornar mais fácil a monetização com a ferramenta para os nossos clientes e aqui vamos abrir para vocês as orientações que usamos com eles. Não queremos que você perca essa poderosa ferramenta de monetização, então utilize-a corretamente. Abaixo, reunimos por tópicos mais relevantes alguns exemplos do que NÃO fazer e respondemos perguntas frequentes do que pode ou não ser feito dentro do programa Google Adsense.  Fique atento a TODAS elas, pois, se você não cumprir as regras, sua conta pode ser desativada a qualquer momento e você será banido.

O que você verá neste artigo?

  • Principais motivos para ter a conta banida
  • O que não fazer com seus anúncios do Google Adsense
  • Dicas para não ser banido do Google AdSense
  • “Fui banido, e agora?”

Vamos começar!

Separamos nossas dicas por assuntos relacionados a cada categoria:

Diretrizes de conteúdo e violações de política

Se seu site tem conteúdo ofensivo ou violação de direitos autorais, você pode ter problemas com o AdSense. Você é responsável por garantir que todas as suas páginas estejam em conformidade com as políticas do programa. Veja as principais questões relacionadas ao conteúdo e as políticas do Google para evitar ter a conta banida.

1– Produza conteúdo de qualidade para seu site – Quando falamos de AdSense, é preciso lembrar sempre que é o conteúdo que atrai seus visitantes e que o maior interesse de quem publica anúncios é ter público que possa vê-los e clicar neles. Seu conteúdo também deve estar otimizado para os sites de busca. O SEO é um dos métodos mais bem-sucedidos e recomendados para atrair tráfego para o seu site. Faça páginas com conteúdo bem definido, afinal, como o sistema de anúncios do Google utiliza a contextualização da página de seu site para exibir os anúncios mais indicados para seu público, sem um conteúdo bem definido, o AdSense pode exibir propagandas aleatórias e você ter um CTR muito baixo. A qualidade do conteúdo postado em seu site influência no tipo de anúncio que o Google vai exibir. 

2 – Copie conteúdo e terá sua conta banida em pouco tempo  – Conhecemos muitos sites que perderam suas contas do Adsense por este motivo. Se você é desonesto e copia materiais de outros lugares, pode acabar bloqueado pelo programa. O Google procura conteúdos mais ricos, bem escritos e exclusivos que apliquem as técnicas de SEO corretamente

3 -Cuidado com a densidade de palavras-chave – Sua densidade de palavras-chave também determinará os tipos de publicidade que são postados no seu site. Use uma ferramenta de densidade de palavras-chave para que sua postagem não seja marcada como spam.

4 -Não tente culpar outra pessoa – Os Publishers são responsáveis ​​pelo conteúdo de todas as páginas que exibem seus anúncios, mesmo que o conteúdo tenha sido criado por outra pessoa, como em sites com conteúdo gerado pelo usuário .

5 – Fique atento às restrições de conteúdo – Se você veicula em seu site conteúdo relacionado à violência, pornografia, racismo ou conteúdo que possa encorajar a crueldade, terá problemas com o Google Adsense. Os anúncios do Google não podem ser exibidos ao lado de qualquer tipo de conteúdo proibido pelas políticas do programa e pelas políticas do editor do Google . É sua responsabilidade garantir que todas as suas páginas sigam essas políticas. 

Layout, posições e design 

Os publishers são incentivados a experimentar uma variedade de canais e formatos de anúncio, mas o código do AdSense não pode ser colocado em locais inadequados, como  e-mails, softwares ou pop-ups. Escolha o local dos seus anúncios com cuidado. É importante considerar a experiência do usuário e as Políticas do Programa Google AdSense ao posicionar anúncios no seu site. Pense na seguinte pergunta quando for decidir onde posicionar os anúncios: Como posso integrar os anúncios nessa área sem incomodar o usuário? 

Posicione seus anúncios de modo ordenado e atraente. E lembre-se que O conteúdo é o principal. Confira abaixo o que você NÃO deve fazer na hora de posicionar os anúncios:

6 – Cuidado com o posicionamento – Não insira muitos blocos próximos e escolha os formatos de anúncios certos . Os leitores são humanos e não querem um site especificamente criado para o Google AdSense. Tenha isso em mente porque é fácil se deixar levar e tomar decisões prejudiciais à experiência do usuário para gerar receita adicional, mas você acabará prejudicando o potencial de ganhos a longo prazo de seu site e ser bloqueado se não priorizar a  experiência do usuário. 

Aqui está um exemplo do que NÃO fazer

7- Não “force” o usuário a clicar nos seus anúncios – Existem inúmeras implementações e variações potenciais de anúncios em um site, mas seus anúncios nunca devem ser enganosos. Se você der a impressão para os visitantes de que eles estão clicando em uma seção diferente do seu site, você os enganará e poderá estar sujeito a penalidades, como ter a conta banida. Os Publishers nunca devem usar truques ou práticas enganosas para acionar cliques acidentais nos anúncios. 

8 – Faça com que seus anúncios pareçam anúncios – Evite utilizar etiquetas e títulos que possam enganar os usuários. Certifique-se de que seus anúncios estejam bem posicionados no seu site, longe de elementos interativos, não imitem o conteúdo circundante e não sejam colocados em títulos enganosos . Monitore seu site e seu layout com cuidado para garantir que isso não aconteça.

9 – Explore o site e pense em como deveria ser a experiência dos usuários que o visitam pela primeira vez – verifique se os anúncios estão sendo exibidos corretamente

10 – Não coloque anúncios em janelas pop-up e pop-under – Os publishers não têm permissão para colocar anúncios do Google em nenhuma janela que não seja iniciada por uma interação intencional do usuário nem em nenhuma janela do navegador que não possua controles de navegação, incluindo botões de navegação para frente e para trás e um campo de URL editável.

11 – Não coloque anúncios em sites com mais de três pop-ups – Se os pop-ups forem exibidos, eles não podem interferir na navegação do site, alterar as preferências do usuário, iniciar downloads ou distribuir vírus. Além disso, os sites que usam o AdSense não podem ser carregados por nenhum software que aciona pop-ups, modifique as configurações do navegador, redirecione os usuários para sites indesejados ou interfira na navegação normal do site. É de sua responsabilidade garantir que nenhuma rede de anunciantes ou afiliadas use esses métodos para direcionar o tráfego para páginas que contêm seu código do AdSense.

12 – Mantenha espaço adequado entre os anúncios e os controles da página – Por exemplo, em um site com jogos, tente evitar colocar anúncios muito próximos aos controles do jogo. Geralmente, recomendamos uma distância mínima de 150 pixels entre o flash player e o anúncio para evitar cliques inválidos. 

13 – Não alinhe imagens com anúncios – Os Publishers não podem tentar associar imagens específicas aos anúncios exibidos em seus sites porque essa implementação também pode confundir os usuários que assumem que a imagem está diretamente relacionada às ofertas do anunciante. Isso também viola as políticas do Google Adsense

14 – Cuidado com Layout do site que coloca o conteúdo abaixo da dobra – Esses layouts dificultam a distinção entre os anúncios e o conteúdo.

15 – Não coloque anúncios em páginas de agradecimento, saída, login ou erro –  Os Publishers não têm permissão para colocar anúncios em nenhuma página que não seja baseada em conteúdo – é o caso das páginas de agradecimento, erro, login ou saída. São páginas que os visitantes veem em um site antes de sair do domínio ou após executar uma ação específica no site, como uma compra ou download. Os anúncios nesses tipos de páginas podem confundir o visitante e fazê-los pensar que os anúncios são conteúdo real, portanto, não os coloque nessas páginas.

16 – Não coloque anúncios em e-mails – Os Publishers não podem colocar anúncios do Google em mensagens de e-mail nem ao lado de mensagens de e-mail

17 – Não abra anúncios em uma nova janela – Os publishers não têm permissão para abrir anúncios do Google em uma nova janela ou alterar o resultado de clicar em um anúncio. Para mais informações, consulte Abrir os anúncios em uma nova janela . Observe que esta política não se aplica a anúncios do Google AdSense veiculados por alocação dinâmica por meio do Google Ad Manager.

18 – Não coloque anúncios de conteúdo em páginas intersticiais, interfaces de jogos ou sites dedicados ao streaming de vídeos – Se você deseja ganhar com sua interface de streaming de vídeo ou de jogos por sobreposição, canais in-stream ou intersticiais, confira o AdSense para vídeos , o AdSense para jogos ou o Programa de parceria do YouTube .

19 – Cuidado ao Executar muitos anúncios – Os Publishers só podem incluir três blocos de anúncios por página (além de blocos de links e caixas de pesquisa). Seria fácil incluir quatro ou mais blocos de anúncios sem sobrecarregar a página, mas infelizmente você terá que resistir a essa tentação.

Cliques e impressões inválidos 

O tráfego inválido inclui cliques ou impressões que aumentam artificialmente os custos de um anunciante ou os ganhos de um editor. Os especialistas do Google monitoram cuidadosamente os cliques e as impressões dos anúncios do AdSense. Eles têm uma equipe dedicada à detecção de tráfego inválido e trabalham para fazer o upgrade contínuo dos mecanismos de detecção e combate ao tráfego inválido de maneira proativa. O Google não aceita “cliques artificiais” em anúncios, por isso, de maneira geral, os publishers não podem “pedir cliques”, oferecer recompensas ou fazer implementações que provoquem cliques acidentais. Qualquer método que artificialmente possa gerar cliques ou impressões em seus anúncios do Google é estritamente proibido. 

É fundamental que você monitore seu tráfego de anúncios com muita atenção para garantir a conformidade da conta com as políticas do AdSense e não acumular tráfego inválido. Se você for acusado de cliques inválidos, dificilmente conseguirá ter sua conta de volta. Caso você suspeite de algum tráfego inválido de terceiros, use este formulário para comunicá-lo à nossa equipe de qualidade de tráfego. Abaixo, detalhamos o que você NÃO pode fazer, se não quiser ter a conta banida do Google Adsense.

20 – Nunca peça para alguém clicar nos seus anúncios – O Adsense tem uma política clara e não tolera fraudes. Algumas ações impensadas podem atrapalhar seus ganhos e fazer com que sua conta seja banida do programa. É estritamente proibido incentivar os usuários a clicar em seus anúncios do Google – direta ou indiretamente, em seu próprio site, em sites de terceiros ou por e-mail. Nada de apelar com frases como “Contribua para a causa clicando em um anúncio” ou “Confira nossos patrocinadores” ou até mesmo “Apoie-nos!” 

21 – Não ofereça compensação – Pelos motivos que já citamos ali acima, é estritamente proibido oferecer compensação ou qualquer outro tipo de incentivo por cliques em anúncios, como nesse exemplo abaixo. Os usuários sempre devem clicar nos anúncios do Google porque estão interessados ​​nos serviços anunciados, não para arrecadar dinheiro para o seu site ou por uma causa ou para gerar algum tipo de recompensa para si mesmos.

22 – Não coloque títulos enganosos nos anúncios – Como os usuários precisam distinguir facilmente o que é anúncio e o que é conteúdo, as políticas do AdSense também proíbem a colocação de anúncios em títulos enganosos, como “recursos” ou “links úteis”. Os Publishers só podem identificá-los usando os termos  “Anúncios” ou “Links patrocinados”.

23 – Nunca clique em seus próprios anúncios – Seja honesto com você mesmo. Sua conta pode ser banida por isso.Se você quiser mais informações sobre um dos anunciantes que aparecem no seu site, digite o URL do anúncio diretamente na barra de endereços do navegador.

24 – Nem pense em cometer fraudes em cliques – O Adsense não manda advertências para alguns tipos de infrações mais graves como fraude em cliques por exemplo. Quando percebe alguma irregularidade, cancela a sua conta imediatamente, anula todos os seus pagamentos pendentes e simplesmente envia uma notificação por e-mail. Leia com calma os termos de uso aqui.

25 – Esteja ciente de como seu site é promovido – Os Publishers precisam ter muito cuidado ao comprar tráfego ou configurar campanhas de anúncios com terceiros. Antes de contratar qualquer rede de anunciantes, verifique se eles nunca exibirão seu site em pop-ups ou como resultado das ações de qualquer aplicativo de software . Lembre-se de que os editores que usam publicidade on-line de qualquer tipo devem cumprir as Diretrizes de qualidade da página de destino do Google .

26 – Não pegue atalhos – Programas para gerar cliques automáticos podem te fazer ser banido do AdSense definitivamente. Isso é antiético e antiprofissional. Não viole as diretrizes para não ser punido! 

Experiências Abusivas ou Enganosas

Os publishers não podem colocar anúncios do Google em sites que contenham experiências abusivas ou enganosas como: 

27 – Anúncios ou outros elementos que se assemelham a aplicativos de bate-papo, caixas de diálogo do sistema ou outras notificações que levam a um anúncio ou página de destino quando clicados.

28 – Planos de fundo transparentes, elementos da página não visíveis ou outras áreas normalmente não clicáveis ​​que levam a um anúncio ou página de destino quando clicadas.

29 – Comportamento enganoso do site – como barras de rolagem, setas “próximas”, botões de fechamento ou links de navegação que levam a um anúncio ou página de destino quando clicados.

30 – Impedimento da função normal do botão “Voltar” – impedindo que o usuário retorne ao destino anterior ou  adicionando uma página ao histórico do navegador.

31 – Sites de phishing e enganosos – que tentam roubar informações pessoais ou que têm redirecionamento automático

32 – Sites com malware ou software indesejado

Cuidados extras

33 – Não adultere o código do AdSense – ele não deve ser alterado ou colocado em nenhum lugar que viole as políticas de posicionamento de anúncio, como em pop-ups, em software ou em sites que imitam o Google.

34  – Não fale sobre seus anúncios – De acordo com os termos do Google, os editores não podem compartilhar informações confidenciais (como CPMs ou CTRs). Há alguma possibilidade de discutir o desempenho relativo (como  a variação percentual nos ganhos resultantes de uma alteração feita), mas evite divulgar valores e taxas específicos.

35 – Cuidado para não chamar atenção demais – Os Publishers não têm permissão para atrair atenção desnecessária ou artificial aos seus anúncios do Google, por exemplo, com animações chamativas que atraem os olhos dos usuários para os anúncios ou usando setas ou outros símbolos apontando para os anúncios

36 – Não tente bloquear o Google – Para proteger a qualidade da rede de anunciantes, o Google pode desativar a veiculação de anúncios em conteúdo que ele não consegue avaliar. Isso inclui conteúdo que bloqueia o arquivo robot.txt do Google e também conteúdo protegido por senha quando o publisher não fornecer credenciais de login ao Google

37 – Cuidado com anúncios na mesma página ou site de outro publisher – Se um site estiver em conformidade com as políticas do programa  e a empresa ou o proprietário do site tiver permissão para exibir anúncios em seu site, você poderá colocar seu código de anúncio na mesma página que o código de outro publisher. No entanto, você precisará entrar em contato com a empresa de hospedagem ou com o proprietário do site para obter permissão para exibir anúncios em seu site. Além disso, você será creditado apenas por cliques e impressões  nos blocos de anúncios associados à sua conta. Mas lembre-se de que todo editor é responsável pelo conteúdo de um site no qual seu código de anúncio é colocado. Se o site violar por nossas políticas, notificaremos todos os editores cujo código de anúncio esteja nesse site.

38 – Atenção a anúncios em um site hospedado (Blogger) – Você pode colocar o código do Google AdSense em qualquer página que esteja em conformidade com as políticas do programa, incluindo sites hospedados. No entanto, observe que, para usar o AdSense, talvez você precise acessar o código-fonte HTML do seu site. Também é sua responsabilidade verificar com seu host e determinar se o uso do AdSense é uma violação dos termos de serviço.

39- Não exiba site de terceiros em sua página – isso é considerado conteúdo de enquadramento e é estritamente proibido colocar anúncios do Google nessas páginas.

40 – Respeite as marcas registradas do Google – Enquadrar ou imitar páginas do Google é estritamente proibido pelas nossas Diretrizes para o uso dos recursos da marca Google . Além disso, os editores não podem usar os Recursos da marca do Google, como marcas registradas, logotipos, páginas da Web ou capturas de tela do Google, sem o consentimento prévio do Google.

41 – Seja responsivo – mantenha o endereço de e-mail associado à sua conta atualizado. Os editores são solicitados a ler atentamente os e-mails enviados pela equipe do AdSense e a responder às nossas solicitações. 

42 – Se você recebeu uma mensagem de aviso – É porque alguma violação do regulamento do programa foi detectada na sua conta. Os especialistas do Google fazem um monitoramento cuidadoso utilizando sistemas automatizados e análises humanas a fim de proteger tanto publishers, quanto anunciantes e usuários. 

43 – As contas podem receber um aviso por uma série de razões

– Violações recorrentes dos regulamentos.
– Sua conta apresenta um comportamento enganador.
– Os  especialistas em regulamentos encontraram um site particularmente ofensivo em sua conta.

Fui desativado, e agora?

44- Anúncios ou conta desativados – No caso de os anúncios no seu site ou na sua conta terem sido desativados, a única maneira de reativá-los é ler atentamente o e-mail de notificação e responder às solicitações do Google. Identifique o porquê de a sua conta do AdSense ter sido desativada

45 – Arrume tudo – Se o for notificado sobre problemas em um site, reserve um tempo para limpar outras páginas ou sites que possam estar com o mesmo problema para garantir que toda a sua rede esteja em conformidade com todas as políticas do Google AdSense.

46 – Se você fizer as alterações necessárias – sua conta permanecerá ativa. Mas se o Google  continuar encontrando problemas, possivelmente desativará toda a conta. Eles sabem que você realizou as alterações necessárias se sua conta estiver em conformidade com nossos regulamentos. Caso contrário, sua conta do Google AdSense será desativada.

47 – E se eu já fui banido? – Infelizmente não há o que se possa fazer a esse respeito. Usuários que foram banidos do AdSense não podem mais ter contas em seu nome, o banimento é definitivo. Nesse caso, todas as novas contas que criar também serão banidas.

48 – Eu não posso nem tentar recuperar minha conta?- Você deve ter recebido uma notificação informando a razão pela qual sua conta foi desativada. Geralmente a mensagem enviada por email pelo Google contém um link para o formulário de apelação. Nós falamos sobre isso nesse artigo aqui. Mas tenha em mente que, quando se trata de fazer uma apelação ao AdSense, as suas chances de recuperar sua conta são muito baixas. Se você, conscientemente, se envolveu em práticas publicitárias fraudulentas, você provavelmente não terá mais sua conta no programa. Mas se você não violou as políticas do AdSense, então diga isso claramente na apelação. 

49 – Para abrir outra conta no AdSense – Tenha em mente que usar um endereço diferente, assim como número de telefone, registro de empresa, etc é recomendado nesse caso.

50 – Se a sua conta no AdSense for recuperada – Redobre os cuidados a partir de agora. 

51 – Se a sua conta não for recuperada – Tente redes de anúncios alternativas

ATENÇÃO

O Google analisa constantemente os Publishers quanto à conformidade com as políticas e regras do programa AdSense, por isso, se você está burlando alguma regra e ainda não foi pego, isso é questão de tempo. Conserte o que está errado para não correr o risco de ter sua conta banida do Google Adsense. É importante verificar frequentemente se há novas atualizações, porque as políticas estão em constante mudança. Manter-se atualizado é uma responsabilidade de cada publisher. E lembre-se: o Google não é bobo, então não tente dar uma de esperto.

Eu sei que é muita coisa, e aqui só colocamos os principais fatores que podem levar ao banimento. Muitos publishers começam a usar o AdSense sem dedicar um tempo a conhecer as regras e é por isso que tantos cometem erros caríssimos e acabam com sérios problemas.  Assegure-se de que o seu site esteja aderindo a todas as políticas do programa. Fazendo isso você protege sua conta, garante sua fonte de renda e todo mundo ganha. Não se esqueça que banir quem desrespeita as regras é uma maneira do Google proteger os anunciantes da rede toda. 

Dicas extras: 

  • Acompanhe o fórum do AdSense –  essa é uma verdadeira escola, que nos ajuda a conhecer novas técnicas e perspectivas, aprendendo cada vez mais
  • Inscreva-se no blog oficial do Google Inside AdSense para que você esteja sempre atualizado com as últimas notícias sobre a plataforma vindas dos próprios criadores.
  • A Central de Ajuda do Google tem uma visão geral da otimização do Google AdSense brilhante onde você pode analisar seu desempenho e tirar ideias para aproveitar melhor sua conta do Google AdSense 
  • Tem ainda esse fórum que, além do AdSense, fala sobre PPC e SEO, no com ótimas discussões sobre problemas ou oportunidades.
  • Academia AdSense” – esse guia oficial do Google tem seis módulos com tudo o que você precisa saber sobre o AdSense.
  • Use o Google Analytics – Se você ainda não está usando o Google Analytics, recomendamos que você o instale para entender e otimizar melhor o tráfego do site. Saber de onde vem o tráfego contribui muito para obter o máximo do seu site. Saiba mais sobre o Analytics no site deles . Ou assista a vídeos úteis no canal do Analytics no YouTube .

Se precisar de esclarecimentos adicionais ou quiser visualizar exemplos de regulamentos acesse:

Termos e Condições do Google AdSense

Esperamos que essas informações ajudem você a compreender melhor as políticas do Google AdSense e a garantir que você não terá a conta banida. Mas se precisar de ajuda, entre em contato com a gente! E lembre-se: nunca tente enganar o Google! Não vale a pena arriscar.

Premium Programmatic

A Premium Programmatic é especialista em gestão de mídia programática, atende mais de 180 portais de notícias do Brasil com 1,2 bilhões de impressões monetizadas mensalmente, integrando o seu portal com as principais demandas e redes de anunciantes nacionais e internacionais, incluindo a demanda premium de anunciantes disponível no Google Ad Exchange, a maior bolsa de negociação de mídia programática do mundo. A empresa é certificada pela Google e pela Xandr.

Nossa monetização com tecnologia header bidding inclui display (banners), vídeo out-stream, vídeo in-stream, apps nativos, formatos especiais de publicidade, criação e monetização de páginas AMP, consultoria e muito mais. Saiba mais navegando pelo nosso site e entre em contato com nosso time comercial para uma análise de seu portal e potencial de faturamento, sem compromisso.

Assine nossa newsletter e fique por dentro das novidades da Premium e do mercado de mídia programática!

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin