Uma boa notícia para muitos publishers nesse momento difícil. O Google lançou nesta quarta-feira (15), por meio da Google News Initiative, um fundo global de auxílio emergencial ao Jornalismo para apoiar pequenas e médias organizações de notícias que produzem conteúdo original para comunidades locais. O objetivo é oferecer apoio a milhares de pequenos e médios veículos de todo o mundo, bem como a empresas que cobrem o noticiário local, diante da pandemia do COVID-19. A ideia é que esse fundo forneça uma via de fácil acesso para assistência financeira neste momento crítico. As inscrições já podem ser feitas e o prazo se encerra no dia 29 de abril. No formulário de inscrição é preciso fornecer informações básicas sobre sua publicação e a sua empresa e informe como pretende utilizar o fundo.

Google News Initiative

Requisitos de Elegibilidade

Os candidatos ao fundo global de auxílio emergencial ao Jornalismo devem ter presença digital e estar em operação há pelo menos 12 meses. O Fundo é direcionado a redações que empreguem formalmente entre 2 e 100 jornalistas em tempo integral. Empresas que empregam formalmente mais de 100 jornalistas também podem se inscrever, mas serão analisados, a critério do Google, com base principalmente nas necessidades de diferentes países e regiões. Os candidatos devem ser produtores de notícias (“hard news”), não sendo consideradas elegíveis publicações com foco em produção de conteúdo sobre estilo de vida, esportes e business to business, por exemplo. São elegíveis organizações de notícias com ou sem fins lucrativos, meios tradicionais, nativos digitais e emissoras de rádio e/ou TV – exceto  entidades e indivíduos pertencentes ao Governo.

O Fundo será usado para fornecer financiamento em dólares ou euros, variando de alguns milhares para pequenas redações hiper-locais até dezenas de milhares para redações maiores, com variações por região. Os termos e condições detalhadas do programa podem ser consultados neste link. As candidaturas serão revisadas continuamente e todos os candidatos serão notificados sobre o status de suas inscrições por e-mail. Todas as informações devem ser fornecidas em inglês e, para auxiliar o preenchimento do formulário de inscrição, há um arquivo em PDF na própria página com as perguntas em Português. Quem ainda assim precisar de auxílio para preencher o formulário de inscrição, pode entrar em contato pelo e-mail jerfund@google.com

“Nosso objetivo foi criar o processo mais fácil possível, de modo a assegurar que a ajuda chegue às redações de vários lugares do mundo”, explica Richard Gingras, vice-presidente de Notícias do Google. Um vídeo com perguntas e respostas sobre o fundo também está disponível no YouTube

Google lança fundo global de auxílio emergencial ao jornalismo

Auxílio aos repórteres

Pensando nos repórteres que atuam na linha de frente da cobertura sobre a pandemia, o Google.org vai doar ao todo US$ 1 milhão para o International Center for Journalists, que planeja oferecer recursos de apoio imediato a repórteres de todo o mundo, e para o Dart Center for Journalism and Trauma da Columbia Journalism School, que está ajudando jornalistas expostos a situações traumáticas durante esta crise,