Você está interessado se inscrever Google AdSense e começar a ganhar dinheiro com seu site? Antes de ir direto fazer isso, há alguns detalhes que você precisa saber. O Google AdSense tem uma série de regras que você precisa seguir se quiser ser aprovado para usar essa rede de anúncios e não adianta tentar burlar os requisitos. Mas não se preocupe, esse artigo foi inscrito justamente para compartilhar com você tudo o que você precisa fazer antes de se inscrever no programa Google AdSense e ter mais chances de ser aprovado.

aprovado no Google Adsense

Vamos começar!

Uma das melhores e mais populares formas de ganhar dinheiro se você tem um site é o Google AdSense. Todos sabemos que o Google Adsense é um dos melhores programas de anúncios para os publishers ganharem dinheiro passivo em seus sites. O Google AdSense possui milhões de anunciantes e editores satisfeitos e existe muita gente ganhando a vida com seus anúncios. É a opção número um quando falamos em redes de anúncios e neste artigo aqui a gente fala tudo sobre ele e sobre como lucrar o máximo possível com essa rede

Mas o sistema de aprovação para desfrutar desses benefícios pode ser um pouco rigoroso. Abaixo, listamos as razões mais comuns pelas quais o Google pode negar sua aprovação para fazer uso do AdSense na sua página:

  1. Conteúdo insuficiente ou inaceitável – O Google pode considerar que seu site não tem texto suficiente para ser revisado pelos especialistas da empresa ou que seu conteúdo é mal escrito, com muitos erros gramaticais. Além da gramática correta, o conteúdo que você oferece precisa ser único e agregar valor aos seus usuários (Vamos falar sobre isso mais detalhadamente mais à frente)
  1. Tipo de página ou Design do site – Um site cheio de botões enormes, fundo gritante, texto claro demais, difícil de ler é um repelente de visitantes e, por isso, rejeição certa para o Google AdSense. É preciso ter um bom design, elegante, confortável para os olhos, com uma aparência bonita, caso contrário, sem chance de poder monetizar com o AdSense.  
  1. Falta de páginas básicas, como Sobre Nós, Contato ou Políticas de Privacidade essas páginas transmitem profissionalismo e são necessárias de acordo com as políticas do Google.
  1. O site não cumpre as políticas do Google AdSense – se você não tem conteúdo exclusivo e significativo para os usuários, suas páginas tem pouco ou nenhum conteúdo original, seus visitantes tem uma experiência ruim com a navegação e a organização da página e você não tem tráfego orgânico, você não terá chance de desfrutar do Google AdSense. O mesmo vale para quem usa palavras-chave excessivamente, tem um design mal codificado, direciona tráfego através de fontes ilegais… Se não seguir as orientações e cumprir alguns requisitos antes de se inscrever no Google Adsense, você será rejeitado.
  1. O site é novo – O Google não gosta muito de trabalhar com sites recém-criados.

Vamos então à próxima parte: O QUE FAZER ANTES DE SE INSCREVER NO GOOGLE ADSENSE

aprovado no Google Adsense

1 – Produza conteúdo de alta qualidade

O conteúdo é rei! O Google como um todo dá o maior valor à qualidade do conteúdo. Você não receberá a aprovação do AdSense se tiver conteúdo de baixa qualidade em seu blog. Se você acha que um site com duas ou três páginas de conteúdo copiado ou reescrito vão te garantir a aprovação do AdSense, você está totalmente errado.

Seu conteúdo deve ser original e não um apanhado de plágios (saiba que o Google é bem rigoroso quanto a conteúdo copiado). Além de original, seu conteúdo deve ser bom, ter qualidade. Isso definitivamente é o mais importante. O Google adora sites que forneçam conteúdo de alta qualidade e que seja valioso para seus visitantes.

Mas, afinal, o que é um conteúdo de alta qualidade? Algumas características essenciais são:

  • é único e original
  • tem títulos e listas de marcadores adequados
  • está livre de erros de gramática e ortografia
  • é longo o suficiente (nem cansativo demais, nem curto demais)
  • é útil e informativo

Para ter mais detalhes sobre o que o Google considera um conteúdo de alta qualidade editorial, dê uma olhada neste artigo que preparamos sobre o assunto (LINK ARTIGO DICAS DO GOOGLE PARA CRIAR UM SITE DE ALTA QUALIDADE EDITORIAL)

2 – Crie uma página de política de privacidade

Ela é necessária se você quer se inscrever e ser aprovado pelo AdSense. É uma exigência do programa para garantir a segurança do usuário (garantindo que você não é usa farsa e passando a sensação de que seu site é um negócio sério). A Política de Privacidade descreve aos seus leitores o que eles receberão no seu site, o que devem fazer e o que não devem. Não há nada de ruim em ter essa página no site, então, não há porque evitar criá-la.

Existem até alguns Geradores de Políticas de Privacidade Online e não é difícil conseguir exemplos. O nosso está aqui (LINK POLÍTICA DE PRIVACIDADE DO SITE DA PREMIUM)

3- Crie a página “sobre nós”

Você também precisa ter uma página “Sobre” para poder ser aprovado. Ela tem um papel importante e as chances de aprovação no Google AdSense são quase nulas se você não estiver exibindo esta página. Essa página ajuda a estabelecer um relacionamento com os leitores porque descreve você e seu site e os ajuda a confiar em você. Você pode contar sobre sua missão, visão, valores… O que motivou o início do site, do que ele trata.

4 – Configure a página “fale conosco”

O que um de seus leitores gosta pode estar incomodando outra pessoa. É preciso estar aberto a ouvir o que seus usuários desejam, ter um canal de contato entre vocês. O ideal é adicionar o e-mail que você vai usar para aplicar ao Google AdSense. Também é interessante colocar links para as redes sociais e outras formas de contato. Isso diz ao Google que você cuida de seus clientes e visitantes e que está pronto para ajudá-los.

Essa página mostrará à equipe do Google AdSense que está visualizando seu site que você realmente se importa com seus leitores (e não apenas com o dinheiro que o AdSense pode trazer). Os formulários do Google Forms ajudam a criar essa página se você não estiver usando o WordPress. Para a plataforma WordPress, existem muitos plugins disponíveis para esse fim.

5 – Tenha um menu de navegação claro

Isso é muito, muito importante! O menu deve ter as categorias e páginas mais importantes para ajudar seus usuários a encontrar facilmente o que eles estão procurando (e isso vale para as páginas que citamos ali em cima: “Sobre nós”, “Contato”, “Política de Privacidade”). Quanto mais você se preocupa em melhorar a experiência dos visitantes, maiores são as chances de ser aprovado pelo AdSense. A equipe do AdSense dá uma importância máxima à melhor navegação possível.

6 – Tenha um bom número de posts

Não existe uma quantidade mínima padrão. Tem site com mais de 300 postagens que é rejeitado, tem site aprovado com menos de 100… O tamanho dos posts também é importante (o ideal é que os textos tenham pelo menos 600 palavras – com conteúdo de qualidade, é claro). Se você ainda não tem uma quantidade enorme de posts, mas seu site é simples de navegar, tem conteúdo detalhado, design simples e um nicho que se destaca, isso pode contar muito mais na hora de ser aprovado pelo AdSense.

7 – É preciso ter mais de 18 anos

Se você não é maior de idade, nem adianta colocar uma idade falsa – você vai ter problemas.

8 -Melhore o design do seu site

O design do seu site é muito importante, mesmo. Um design limpo, que carrega rápido e com “cara” de profissional é o que o Google gosta (e os usuários também). Afinal, quando você visita um site, o design é a primeira coisa que você vê. Por isso ele é quase tão importante quanto o conteúdo.

Um bom design mostra profissionalismo e experiência. Ele deve ser simples, com menus adequados, campo de busca amigável, fácil de navegar, sem itens inúteis na lateral ou no rodapé. Caso contrário, aumentam as chances de ser rejeitado pelo AdSense.

9 – Verifique o tipo de conteúdo

Outro ponto importantíssimo! Existem tipos de conteúdo que não são aceitos pelo AdSense como pornografia, conteúdo pirateado, drogas ilícitas, qualquer coisa ilegal… Aqui tem uma lista completa de tudo o que é proibido. Se seu site publica esse tipo de conteúdo, ou você esquece o AdSense, ou se livra desse tipo de publicação. Remova qualquer coisa relacionada a conteúdo inapropriado.

10 – Invista em um bom domínio

É um investimento relativamente barato e vale muito a pena. Invista em uma extensão “.com” ou “.com.br”, que seja exclusivo e fácil de lembrar. Você pode comprar domínios da Godaddy ou da Registro.br, por exemplo.

11- Remova outras redes de anúncios

Este não é considerado um requisito oficial nos termos do AdSense, já que você pode usar outras redes, mas é recomendado, pelo menos nesse primeiro momento – isso mostra que você está priorizando a rede de anúncios deles. Por isso, torne seu site livre de anúncios de outras redes antes de fazer sua inscrição e só volte a trabalhar com elas depois de receber uma resposta da equipe do AdSense.

12 – Cuidado com o tráfego pago

O Google penaliza quem recebe tráfego pago. Não há uma proibição, mas a prática diminuii as chances do seu site ser aprovado. Você pode atrair tráfego dos mecanismos de pesquisa ou de qualquer outra maneira que desejar, mas o tráfego pago não é uma boa solução se você quer ser aprovado com o AdSense, ao meno no início. E, claro, o Google não aceita sites que recebem tráfego de fontes ilegais. Concentre-se em obter tráfego de fontes legais, como mecanismos de pesquisa, sites relacionados e redes sociais. O tráfego orgânico mostra que você está criando conteúdo legítimo e que seu site é de alta qualidade. Inclusive, se o seu site está recebendo tráfego do mecanismo de pesquisa do Google, a probabilidade é muito alta de que o seu AdSense seja aprovado.

13 – Posicionamento dos anúncios

Inicialmente, o Google te dá uma “aprovação parcial”. Somente após alguns dias você obtém a aprovação completa. Durante esse período de intervalo você será monitorado então, coloque seus anúncios em lugares “normais” e concentre-se mais na criação de um bom conteúdo. Nada de tentar traçar estratégias mirabolantes. Lembre-se que é totalmente contra as regras induzir o clique em um anúncio, cada clique precisa ser orgânico, vindo de um interesse genuíno do usuário. Afinal, se você deseja ser aprovação pelo programa, precisa seguir à risca as regras do Google.

14 – Para cada pagamento, um endereço

O Google não emite pagamentos para mais de uma pessoa em um mesmo endereço. Isso quer dizer que só uma pessoa desse endereço residencial pode estar inscrita no programa AdSense. Em suma, o Google não permite duas contas com o mesmo endereço

15 – Não use imagens copiadas

Você não deve usar imagens de outras fontes sem dar o devido crédito e deve priorizar imagens autorais. Por exemplo, ao escrever um tutorial, faça capturas de tela por conta própria. Caso você queira postar um infográfico pronto, credite a fonte. Se não tiver outro jeito se não usar uma imagem de outro site, edite. Corte, altere a cor de alguns elementos, torne-a única. Afinal, você não quer receber nenhum aviso de violação de direitos autorais depois, não é?

Só depois que tiver certeza que todos esses pontos estão ok é que você deve se inscrever para participar do AdSense. Neste link você encontra as Políticas do AdSense completas. É importante conhecer todos os pontos que eles abordam antes de pedir a aprovação para ter o AdSense no seu site. E depois disso, você pode ver detalhadamente aqui como criar uma conta no Google AdSense.

E SE EU NÃO FOR APROVADO NO ADSENSE?

Não é o fim do mundo! Há duas coisas que você pode fazer:

1 – Não perca a esperança. Lembre-se que você pode se inscrever várias vezes até ser aprovado pelo Google AdSense, usando a mesma conta de e-mail que você usou da primeira vez. Corrija os problemas que foram mencionados no e-mail de rejeição e tente de novo.

2 – Existem muitas outras redes de anúncios confiáveis e com altos ganhos que você pode usar além do AdSense

CONCLUSÃO

Não é tão difícil conseguir a aprovação do AdSense se você tiver um site de qualidade focado em conteúdo de alta qualidade, com bom design e número de visitantes e otimizado para mecanismos de pesquisa. Certifique-se de seguir esses passos antes de se inscrever no Google AdSense. E não sofra se o Google AdSense não aprovar seu blog, existem outras chances e alternativas. Se você precisar de ajuda, entre em contato conosco, afinal, somos especialistas em fazer seu site lucrar com anúncios!

Para finalizar, só mais um alerta. Uma vez que você tenha sido aprovado para o AdSense, não deixe de seguir as políticas estabelecidas por eles. O Google é muito rigoroso com os editores do AdSense e sua conta pode ser encerrada assim que você realizar alguma atividade fraudulenta ou violar alguma regra. Caso tenha alguma dúvida sobre este artigo, entre em contato conosco ou deixe seu comentário. Ficaremos felizes em ajudar.

aprovado no Google Adsense

PREMIUM PROGRAMMATIC

A Premium Programmatic é especialista em gestão de mídia programática, atende mais de 160 portais de notícias do Brasil com 1,2 bilhões de impressões monetizadas mensalmente, integrando o seu portal com as principais demandas e redes de anunciantes nacionais e internacionais, incluindo a demanda premium de anunciantes disponível no Google Ad Exchange, a maior bolsa de negociação de mídia programática do mundo.

Nossa monetização com tecnologia header bidding inclui display (banners)vídeo out-stream, vídeo in-stream, apps nativos, formatos especiais de publicidade, criação e monetização de páginas AMPconsultoria e muito mais. Saiba mais navegando pelo nosso site e entre em contato com nosso time comercial para uma análise de seu portal e potencial de faturamento, sem compromisso.