preloader

SEO: 5 dicas para aumentar seu tráfego e monetizar mais

SEO: 5 dicas para aumentar seu tráfego e monetizar mais

SEO
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter

SEO significa Search Engine Optimization (otimização de mecanismos de busca) e se refere às práticas que otimizam sites, blogs e páginas na web dentro dos parâmetros exigidos pelos buscadores.

Se você deseja monetizar seu site, boas práticas de SEO são fundamentais para ter sucesso, pois não são meras recomendações!

Boas estratégias de SEO te dão mais chance de aparecer nas primeiras páginas do Google, que é o buscador que as pessoas mais utilizam na internet.

Bom, mas o que são essas estratégias e por quê elas são importantes se você deseja monetizar o seu site? Acompanhe essas dicas que montamos para você!

O que é SEO e quais as principais estratégias?

Antes de falarmos diretamente sobre as estratégias de SEO, é importante pensarmos no caminho que o usuário faz até chegar a um determinado site.

Antes de tudo, somos todos usuários da internet! Quando temos alguma dúvida, desejo, ou “dor”, termo que utilizamos no Marketing Digital,  abrimos nosso buscador preferido – o Google – e digitamos em poucas palavras o que queremos.

Essas “poucas palavras” chamamos de palavra-chave, que pode se referir a uma frase ou também a uma pergunta do usuário.

Você, como usuário também, sabe que dificilmente vamos para a segunda página do Google para respondermos a nossa procura, certo?

Assim, aqui já fica clara a importância de um site ser bem posicionado na SERP (Search Engine Results Page), pois te dá mais chances de o usuário acessar a sua página e o seu conteúdo.

Portanto, o SEO é importante para que o seu site esteja bem ranqueado no Google, recebendo assim mais tráfego orgânico e aumentando as chances de conversão!

O que o Google leva em consideração no ranqueamento de sites?

O que o Google leva em conta para posicionar o seu site está sempre mudando, e ultimamente tem estado cada vez mais relacionado com a experiência do usuário (UX ou User Experience).

UX ou User Experience

O Google vai posicionar bem o seu site se ele oferecer ao usuário não somente a resposta para sua “dor”, mas também uma boa experiência enquanto ele trafega pelo seu conteúdo.

Portanto, boas práticas em SEO incluem a usabilidade do site, uma boa leitura para o usuário, velocidade de carregamento e também o conteúdo que você oferece!

Se antigamente o algoritmo do maior buscador do mundo levava em conta apenas o que chamamos de SEO técnico, hoje ele também é capaz de verificar se o conteúdo que você oferece responde, de fato, à demanda do usuário.

Dessa forma, você precisa mostrar para o Google que você tem a melhor resposta para o que o usuário está procurando quando digita determinada palavra-chave.

E essa resposta precisa ser a melhor em termos de conteúdo e da usabilidade do seu site!

Monetização de sites e SEO

Se um dos seus objetivos é monetizar através de anúncios no seu site ou blog, aumentar o tráfego orgânico do seu site é um ótimo ponto de partida.

Mas porquê ponto de partida? Porque é preciso levar outros fatores em conta para que o tráfego do seu site seja, além de volumoso, qualificado.

Assim, estratégias de SEO entram como uma forma de qualificar o tráfego do seu site de forma que você possa monetizar de forma assertiva com os anúncios.

Vamos ver como? Confira abaixo as 5 dicas essenciais para aumentar o tráfego do seu site com boas estratégias de SEO.

5 dicas essenciais de SEO para aumentar o tráfego do seu site

De forma geral, podemos pensar as técnicas de SEO On Page e Off Page. SEO On Page são fatores da sua própria página e SEO Off Page, que são estratégias externas ao seu site.

Inicialmente vamos focar nas estratégias de SEO On Page que melhoram o ranqueamento do seu site e aumentam seu tráfego orgânico.

1 – O que o usuário deseja é o que ele está buscando?

Essa talvez seja uma das questões mais importantes de se perguntar quando estamos elaborando conteúdo com a intenção de aumentar o tráfego.

E por que? Simplesmente porque uma das tarefas mais difíceis é entender o que o usuário realmente está buscando. Muitas vezes a intenção real não condiz com a sua elaboração da palavra-chave no Google.

Ou seja, é preciso compreender a intenção do usuário, e isso o Google leva em consideração para ranquear o seu conteúdo.

Como fazer isso? Ora! Perguntando para quem sabe: o próprio Google! Digite a palavra-chave no buscador e observe de que forma os conteúdos bem ranqueados estão respondendo àquela pergunta.

Além disso, dessa forma você também consegue perceber se a pergunta que esses sites ranqueados estão respondendo coincide com o que você achou que era a intenção do usuário.

2 – Tamanho do conteúdo

Outro fator importante para você considerar é o tamanho do conteúdo que você posta.

Veja esse post, por exemplo. Estamos falando de um assunto que requer uma elaboração. Por isso, não é possível falar de SEO e monetização de sites sem trazermos um conteúdo aprofundado e completo.

No entanto, é sempre importante lembrar que o Google preza por atender à demanda do usuário. 

Ou seja, um bom conteúdo não necessariamente é um conteúdo longo, mas sim um conteúdo que responda ao que o usuário deseja.

3 – Utilizando a palavra-chave de forma correta

Repetir excessivamente a palavra-chave ao longo do texto não é uma boa escolha. Pois não fica claro para o Google se o seu conteúdo é realmente rico e esclarecedor, ou se você apenas está repetindo a mesma ideia sempre.

Por isso, é importante escrever estrategicamente de forma a trabalhar a sua palavra-chave com termos relacionados.

Por exemplo, neste post sobre SEO e monetização de sites, não ficamos repetindo essas palavras de forma excessiva. Mas buscamos trazer termos relacionados à elas que mostram ao Google que estamos oferecendo um conteúdo de qualidade.

Além disso, você percebeu que nossos parágrafos são relativamente curtos? Isso também é importante, pois você consegue possibilitar ao usuário uma leitura dinâmica e não cansativa.

Escrever de forma simples e direta também é algo valorizado pelo algoritmo do Google. Dessa forma, ele entende que você sabe do que está falando e, mais importante: que você sabe transmitir esse conhecimento de forma simples.

4 – Título

O título da sua postagem também é extremamente importante, porque é a primeira informação que o usuário verá na SERP sobre o seu conteúdo.

Por isso, ele precisa ser claro e específico. Mostre para o usuário que você está oferecendo o conteúdo que ele busca para responder a sua pergunta.

Neste post, quando você lê o título, já compreende exatamente sobre o que vamos falar.

Portanto, evite títulos que deixem dúvidas para o usuário sobre o que você está falando. 

5 – Intertítulos

Intertítulos ou Heading Tags são os subtítulos que você insere no seu post para organizar melhor o seu texto.

Pense que é mais difícil para o usuário compreender do que um texto se trata se ele é apenas um grande bloco de palavras sem nenhuma informação que sinalize do que determinada parte está especificamente falando.

De modo diferente de quando lemos um texto em um livro, em páginas da internet nós fazemos uma leitura chamada de “leitura em F”.

Esse tipo de leitura nada mais é do que: lemos o título e vamos descendo a página para verificar se aquele conteúdo vai responder nossa pergunta.

Se você chegou até aqui, provavelmente antes de ler todo o conteúdo você leu o título dessa postagem. Depois, rolou para baixo para ver se algo no texto poderia ser um indicativo de que estamos respondendo a sua pergunta.

Quem cumpre essa função são os intertítulos, que mostraram para você o que estávamos falando em cada etapa do texto.

O que podemos esperar do futuro no SEO?

De modo geral, podemos antecipar como o algoritmo do Google vai se comportar no ranqueamento das páginas se observarmos o que ele vem priorizando.

Para isso, podemos ter em mente que o Google busca oferecer sempre a melhor experiência possível para o usuário, respondendo sempre da melhor forma ao que ele está buscando.

Portanto, junto da experiência do usuário (UX), o Google também implementou as métricas chamadas de Core Web Vitals.

Elas, por sua vez, nos ajudam a compreender quais fatores devemos ponderar para entregar ao usuário o melhor conteúdo e da melhor forma.

Aumente seu faturamento em Mídia Programática com a Premium Ads!

Agora que você já sabe como aumentar seu tráfego orgânico e poder lucrar ainda mais com a monetização do seu site, conheça as soluções em mídia programática da Premium Ads.

Nossa monetização com tecnologia header bidding inclui display (banners), vídeo out-stream, vídeo in-stream, apps nativos, formatos especiais de publicidade, criação e monetização de páginas AMP, consultoria e muito mais.

Entre em contato com o nosso time comercial para uma análise de seu portal e descubra o seu potencial de faturamento!

Assine nossa newsletter e fique por dentro das novidades da Premium e do mercado de mídia programática!

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin