preloader

O que é e como funciona o Google Adsense?

O que é e como funciona o Google Adsense?

adsense
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter

Uma das ferramentas mais populares entre produtores de conteúdo para venda de inventário de anúncios é o Google AdSense. Trata-se de um serviço de publicidade que permite aos anunciantes exibir anúncios em sites parceiros do próprio Google, de forma contextualizada, favorecendo a experiência do usuário. 

Se você é um publisher que está começando a monetizar seu site, o Google AdSense provavelmente será uma de suas primeiras escolhas. Isso porque trabalhar com ele é um ótimo começo para entender melhor como funciona a monetização e a tecnologia de anúncios de mídia programática. O AdSense é também o programa de pagamento por clique (PPC) mais popular da web, usado em mais de 10 milhões de sites. 

Se interessou? Então leia o conteúdo até o final e entenda como o AdSense funciona e o que você deve fazer para começar a  lucrar com ele:

O que é o Google AdSense?

‍O AdSense foi desenvolvido pelo Google como um produto interno em 2003. Ele exibe anúncios baseados em conteúdo em sites parceiros, permitindo que os editores tenham lucro por cada anúncio clicado em suas páginas. É uma das redes de anúncios online mais populares para blogueiros e publishers que estão começando a monetizar seus sites com mídia programática. 

Ele funciona bem mesmo para sites locais e nichos muito específicos, uma vez que os anúncios são direcionados com base no conteúdo e no público do site. Isso porque o Google exibe anúncios direcionados em sua página que sejam relevantes para o conteúdo de seu site ou para pesquisas anteriores dos usuários. 

O AdSense é um serviço gratuito e a plataforma gerencia todas as etapas do processo depois que as tags de veiculação do anúncio são configuradas, ou seja, é muito fácil de usar (o que explica sua popularidade e alta taxa de adoção de editores e anunciantes).

Confira a seguir como funciona o AdSense e como utilizar o serviço para alavancar suas receitas.

Entenda como ganhar dinheiro com o Google AdSense

adsense

Ao se cadastrar no Adsense você permite a exibição de anúncios de outras empresas no seu site.É como se você estivesse alugando espaço em sua página para que o Google possa inserir propagandas. E sempre que um usuário visualizar ou interagir com o anúncio, o AdSense repassa uma quantia para você.

Os anunciantes, ao disponibilizarem seus anúncios, definem o valor a ser pago pelo espaço em leilões, que ocorrem em tempo real. Dessa forma, é possível escolher por exibir os anúncios que possuam maior valor, gerando mais lucro para sua página. Cada vez que um anúncio é visto ou clicado, a interação é transformada em dinheiro a ser recebido pelo usuário. 

Quanto dinheiro eu consigo ganhar com o Google Adsense?

O valor que você recebe do Google AdSense depende de vários fatores, mas o mais decisivo deles é a quantidade e tipo de tráfego que você recebe, por um motivo simples: quanto mais visitantes você tem, mais usuários verão os anúncios e, consequentemente, maiores as chances de clique.

Eu sei que pode ser tentador lotar seu site com anúncios para ter mais chance de algum deles ser clicado e você lucrar com isso, mas lembre-se que ninguém gosta de entrar em um site e ser bombardeado com publicidade. Então, ao configurar seus anúncios, você precisará tomar alguns cuidados para não afetar a experiência de seus usuários e perder acessos por causa da quantidade de publicidade exibida em sua página.

Divisão da receita

Com o AdSense, os publishers recebem 68% da receita gerada pelos anúncios em seus sites. Existem duas maneiras de gerar renda através do uso de anúncios do Google Adsense no seu site:

  1. Custo por clique (CPC): o cálculo é feito com base na quantidade de cliques que um anúncio recebeu. 
  2. Custo por mil impressões (CPM): o pagamento é feito de acordo com o número de visitantes no blog. 

O valor pago por clique em anúncio é definido pelo anunciante. No caso do Custo por Mil Impressões, a lógica é a mesma. O anunciante define quanto deseja pagar a cada mil exibições de seu anúncio.

No caso de quem trabalha com Custo por Mil Impressões (CPM), o valor é repassado, automaticamente, sempre que alguém acessa a página. Caso você utilize o modelo Custo por Clique (CPC), o clique no anúncio precisa ser qualificado, ou seja, se alguém clicar no anúncio e fechar a página logo em seguida, você não será pago.

É fundamental que você saiba como utilizar todos os recursos para obter mais lucro. Neste artigo temos mais de uma centena dicas para faturar mais com o Google Adsense

Como inserir anúncios do AdSense no seu site

adsense

Basta realizar o cadastro no Google Adsense. Para isso você precisa ter uma conta no Google e um site com conteúdo original, um número de telefone e um endereço postal, que  pode ser residencial ou comercial. Ah, e o conteúdo publicado em seu site não pode ser violento, de ódio ou pornográfico (ou violar outras diretrizes do programa). 

Até aí tudo bem? Então vamos à parte prática.

Você precisa se inscrever no AdSense e enviar alguns detalhes do seu site para verificação. Assim que sua solicitação for aprovada, você estará pronto para prosseguir. Você só precisa copiar as tags de anúncio fornecidas pelo programa e inseri-las no código do seu site onde deseja colocar os anúncios.

Passo a passo para se cadastrar na plataforma Google Adsense

O cadastro no Google Adsense é muito simples de ser feito. 

  • acesse a página do Adsense;
  • forneça seu e-mail e crie o perfil;
  • concorde com os termos e condições de uso da plataforma;
  • adicione seus dados bancários.

O processo é avaliado pelo Google e pode levar alguns dias para ser aprovado. Após a resposta, será fornecido o acesso para definir as configurações dos anúncios. 

Neste artigo mostramos dicas de como ser aprovado no AdSense e o que você pode fazer para adequar seu site às regras do programa, mas os pontos principais são:

  • Produza conteúdos inteligentes e criativos – É fundamental que o conteúdo do seu site ou blog seja totalmente original, caso contrário, isso não somente prejudica suas chances de aprovação no AdSense como também compromete o ranqueamento do seu site nos mecanismos de busca.  E preze sempre pela qualidade dos textos
  • Certifique-se que sua página não está ferindo nenhuma política do programa – O Google estabelece uma série de conteúdos não permitidos no AdSense e que não podem ser abordados no site que pretende ingressar no programa, como abuso de propriedade intelectual, conteúdo enganoso, perigoso ou depreciativo ou material de abuso sexual infantil, pedofilia ou sexo explícito, por exemplo. 
  • Aplique as técnicas de SEO – Uma página em que as dicas de SEO sejam bem aplicadas é vista com bons olhos pelo Google e conta com muito mais chances de ser aprovada pelo AdSense.
  • Atente-se ao layout do site e a experiência do visitante – invista em um visual limpo e que seja fácil de navegar. Não esqueça que o site deve ser responsivo, adaptando-se aos diferentes dispositivos por meio dos quais ele pode ser acessado, como notebooks, tablets e smartphones. Deixe clara no layout  a diferença entre conteúdo, anúncios e o restante da página.

Candidatura ao AdSense rejeitada

Se seu conteúdo não for apropriado ou se você simplesmente não publicou conteúdo suficiente ainda, o AdSense pode, sim, rejeitar sua candidatura. E se você foi aceito, mas depois fez algo errado (inadvertidamente ou não), pode ter sua conta banida.

Como o Google escolhe onde o anúncio será exibido?

Em vez de exibir anúncios de maneira aleatória nos sites participantes do AdSense, a ferramenta tenta distribuí-los em páginas que tenham a ver com o produto ou serviço que está sendo anunciado. Isso garante uma taxa de conversão maior, já que o público que acessar o seu site terá mais afinidade com os anúncios.

Tipos de anúncio do AdSense

O Google AdSense permite escolher entre diferentes tipos de anúncios, como texto, gráficos, rich media (anúncios gráficos dinâmicos, em vídeo e HTML) e bloco de links. A única coisa que você precisa fazer é definir as dimensões e o formato que o seu anúncio terá e o Adsense escolhe a peça publicitária mais adequada para o seu site. 

  • Anúncios de texto – também conhecidos como links patrocinados. São compostos de um título – que também é um link clicável que direciona para a página do anunciante -, uma ou duas linhas de texto que descrevem o produto ou serviço, além do endereço de um site 
  • Anúncios gráficos  – são aqueles banners que podem ser exibidos no topo, na lateral ou no rodapé de sua página. Ao todo, existem mais de 15 opções de formato que você pode selecionar para seus anúncios, como horizontal, vertical, paisagem e quadrado. 
  • Rich media – anúncios interativos como HTML, gif e vídeo. Geralmente, chamam mais a atenção pois demandam uma ação do visitante, mas em contrapartida, podem comprometer a experiência de seu visitante quando utilizados em excesso.
  • Bloco de links –  exibe uma lista de tópicos relevantes, relacionados ao conteúdo de seu site. Quando os usuários clicam em um item da lista, são direcionados para uma página de anúncios do Google sobre aquele tópico. 

Como parceiro do Google AdSense, você pode selecionar não só o tipo de publicidade que quer exibir, como também as dimensões do anúncio, a imagem e a cor do texto. 

Como posicionar os anúncios no seu site usando o AdSense

O posicionamento de seus anúncios é um dos fatores que mais influenciam seus ganhos com o Google AdSense. É possível escolher a quantidade de anúncios que serão incluídos em uma página, desde que tenha mais conteúdos do que anúncios. Ou seja, os anúncios não podem ocupar mais espaço do que o conteúdo da página, nem ter mais destaque.

A regra geral é colocar os anúncios onde eles podem ser vistos pelos visitantes, desde que não viole as diretrizes do Google AdSense.

Vantagens de ser um parceiro do AdSense

adsense

Como você já percebeu, utilizar o Google Adsense tem inúmeras vantagens. Abaixo, listamos algumas das principais: 

  • Anúncios exibidos de acordo com os interesses de seus usuários – Os anúncios de AdSense são distribuídos de acordo com o tema que é abordado por cada publisher. Você corre menos risco de exibir um anúncio que não seja do interesse de seu leitor. Como seu público só vê os anúncios focados nos interesses deles, as chances de clique são maiores, e é exatamente este tipo de interação que vai gerar receita para você.
  • Diversos formatos de anúncios –  links patrocinados, peças gráficas, rich media, gifs e vídeos. Essa variedade de opções te dá a liberdade para selecionar o tipo de anúncio mais relevante para exibir. 
  • Otimização dos blocos de anúncios para que eles se ajustem automaticamente a computadores ou dispositivos móveis – Os blocos de anúncio se adaptam automaticamente aos diferentes tipos de dispositivo, otimizando sua visualização e experiência. 
  • Acesso a diversas métricas de desempenho – para ajudar a corrigir os erros e melhorar os lucros.
  • O AdSense não exibirá nada que seja impróprio para seu público sem que você permita – Se algum anunciante ou campanha selecionada pelo Google não estiverem alinhados a seu conteúdo ou infrinja seus princípios, você pode impedir que aquela empresa anuncie em sua página. Basta clicar na opção “Permitir” e “bloquear anúncios” em sua conta do AdSense. Essa prerrogativa permite que você vincule apenas conteúdo alinhado às preferências de seu público.
  • Os anúncios oferecidos são revisados e personalizados de acordo com o seu site, variando de acordo com os conteúdos das páginas –  Uma vez que os anunciantes estão a todo momento disputando por um espaço publicitário, os valores oferecidos tendem a continuar sempre em uma crescente, o que resulta em mais lucros, anúncios mais relevantes e uma maior opção de escolha por quais espaços oferecer em seu site.
  • Você escolhe em qual local exibir os anúncios – assim suas visualizações e receitas podem ser potencializadas de acordo com o visual escolhido. 
  • Você só precisa inserir o código do AdSense no seu site – ele começa a funcionar imediatamente. Adicione um código ao seu site e o Google exibirá anúncios personalizados ao layout automaticamente, o que economiza tempo com alterações no código.

Diversificação das redes de anúncios

adsense

Como você viu, o AdSense é acessível, fácil de configurar e oferece aos editores uma parte justa da receita gerada pelos cliques. Mas não é a única solução em monetização para seu site. Os publishers que desejam otimizar suas estratégias de monetização de anúncios podem e devem utilizar também outras redes disponíveis no mercado. Embora o AdSense seja uma ótima rede de publicidade, faz sentido para os publishers explorar outras opções como um complemento para otimizar a receita de anúncio. Trabalhar com vários parceiros permitirá que você maximize a receita de seu conteúdo e monetize todas as visualizações de página com anúncios relevantes para o seu público.

Quais são as diferenças entre o Google AdX e o Google AdSense?

Um exemplo de como diversificar é usando o Ad Exchange  (AdX) do Google, que oferece mais opções aos editores, como maior controle sobre os lances e a opção de criar leilões privados. Os publishers que trabalham com o Google AdX têm acesso a um inventário maior e podem acessar compradores do Google Ads e de outros mercados. O Ad Exchange é mais robusto do que o Google AdSense, mas também é mais complexo.

Neste artigo aqui falamos sobre essas diferenças de forma bem detalhada, mas de maneira geral, no AdSense, quem compra seu inventário é o próprio Google; enquanto no AdX, seu inventário é comprado direto pelo anunciante e disputado entre diferentes plataformas de compras de mídia do ecossistema programático, incluindo o próprio Google AdSense.

Na prática, o Google AdX aumenta as chances do publisher maximizar seus ganhos, já que as ofertas não ficam limitadas a apenas uma plataforma e a concorrência entre anunciantes é maior, gerando CPMs maiores. O Google AdX também garante uma taxa de cliques por visualização maior do que a do Google AdSense, no entanto, o AdX é conhecido por ter uma usabilidade muito mais complexa do que o AdSense.

Outras opções de diversificação

Se você deseja realmente diversificar, Taboola também é uma escolha interessante, Ela é  especializada em publicidade nativa (aquela com a tag “conteúdo patrocinado”, sabe?). Neste artigo trazemos todos os detalhes sobre como você pode lucrar com esse tipo de anúncio. 

A Xandr é outra solução de monetização mais complexa, que inclui gerenciamento de inventário, seu próprio servidor de anúncios e gerenciamento de rendimento baseado em dados para melhores processos de decisão e previsão. A plataforma fornece aos publishers os meios para gerenciar a demanda e inclui tecnologia header bidding e a capacidade de conduzir negociações diretas com os anunciantes.

Tanto a Taboola quanto a Xandr são parceiras da Premium Programmatic.

Parece complicado decidir entre apostar no AdSense ou investir em outras redes? Então entre em contato com nossos especialistas! 

Premium Programmatic

adsense

A Premium Programmatic é especialista em gestão de mídia programática, atende mais de 160 portais de notícias do Brasil com 1,2 bilhões de impressões monetizadas mensalmente, integrando o seu portal com as principais demandas e redes de anunciantes nacionais e internacionais, incluindo a demanda premium de anunciantes disponível no Google Ad Exchange, a maior bolsa de negociação de mídia programática do mundo.

Nossa monetização com tecnologia header bidding inclui display (banners), vídeo out-stream, vídeo in-stream, apps nativos, formatos especiais de publicidade, criação e monetização de páginas AMP, consultoria e muito mais. Saiba mais navegando pelo nosso site e entre em contato com nosso time comercial para uma análise de seu portal e potencial de faturamento, sem compromisso

Assine nossa newsletter e fique por dentro das novidades da Premium e do mercado de mídia programática!

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin